Transformações no mercado imobiliário residencial: como anda a intenção de compra das famílias brasileiras?

Se à primeira vista poderíamos supor que a crise sanitária e econômica causada pela pandemia de Covid-19 congelaria as vendas de imóveis no país, pesquisas recentes demonstram que, na realidade, muitas pessoas decidiram trocar ou adquirir a primeira casa justamente neste período. 

Mas o que motiva a compra de um imóvel residencial em meio à pandemia? 

Reunimos estudos sobre o mercado imobiliário brasileiro nos últimos meses para apresentar um panorama dos múltiplos fatores que respondem a essa pergunta e ajudarão a compreender o contexto com mais profundidade:

De olho nas transformações comportamentais

Nunca se passou tanto tempo dentro de casa como durante a pandemia, este é um fato. 

Para muitos, o convívio intenso em casa trouxe à tona a insatisfação com a atual residência, e os motivos são variados: seja o pouco espaço, a falta de um cômodo adequado para o home office, a ausência de quintal ou áreas ao ar livre e até a própria localização do imóvel.  

Pesquisas realizadas pela Brain Inteligência Estratégica apontam que por mais distintas que sejam as necessidades e razões que motivam a procura por um novo imóvel, os interesses destes diversos compradores em potencial têm um ponto em comum: a busca por bem-estar

Este é um fator primordial ao qual construtoras e incorporadoras devem estar atentas na hora de planejar e vender os empreendimentos, afinal, por mais tenhamos passado por mudanças profundas, a conquista da casa própria e tudo o que ela representa ainda é o grande sonho que aproxima milhões de brasileiros.  

Estabilidade na intenção de compra

Os indicadores de intenção de compra imobiliária atingiram o nível mais baixo em abril de 2020, quando o clima de incerteza generalizada e as restrições causadas pela pandemia chegaram ao país, só 20% das famílias intencionavam adquirir uma casa. 

Já em novembro do mesmo ano, este número atingiu seu ápice, alcançando os 46%.  Segundo especialistas, este foi um momento excepcional, “fora da curva”, e desde então, ao longo de 2021, os índices vêm voltado aos bons patamares esperados, os quais se refletem em ótimos índices de venda dos empreendimentos imobiliários: nas mais de 160 cidades pesquisadas pela Brain registrou-se a venda de mais de 260 mil apartamentos na planta, são considerados números históricos! É notório o impacto da baixa histórica da taxa Selic e dos incentivos de crédito nestes bons números registrados no mercado imobiliário mesmo em meio à pandemia. 

Entendendo os compradores potenciais

O sonho da casa própria é velho conhecido das famílias brasileiras, mas a maneira pela qual se compra imóveis residenciais está mudando radicalmente. 

O número de 39% nas intenções de compra registrado para setembro de 2021 é um indicativo de que estamos finalmente atingindo níveis bons e estáveis de vendas. É interessante observar que destes 39%, há 10% de famílias visitando imóveis, 26% recebendo passivamente informações sobre imóveis à venda, e 3% realizando buscas totalmente on-line. 

Estes são números significativos, e os dados apontam que as restrições sociais impostas pela pandemia tornaram ultrapassada a ideia de que era impossível vender um imóvel pela internet, pois o comprador exigiria uma visita física ao empreendimento: na realidade, especialistas afirmam que neste caso o digital pode até oferecer muitas vantagens na hora da venda de um imóvel residencial, como os tours virtuais e simulações realistas que fazem os compradores sentirem um gostinho de como será a vida no novo empreendimento.  

Além disso, se antes o entendimento era de que os potenciais compradores demoravam, em média, mais de um ano para escolher o imóvel e tomar a decisão de comprá-lo, as urgências que a pandemia ocasionou encurtaram este tempo de busca em muito, ou seja: vários fatores confluem para que o mercado imobiliário residencial siga aquecido, mas, como mostram as citadas pesquisas, para aproveitar a alta demanda de compradores é preciso entender seus anseios e investir na atuação virtual de sua empresa. 

Para alcançar o sucesso nessa empreitada, uma estratégia de marketing digital consolidada é fundamental, e nisso a Katsuki é especialista. Quer saber mais? Entre em contato e converse conosco. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts recentes

Diversas empresas estão mudando a própria história com Marketing Digital e nós nos sentimos honrados por contribuir nesse processo.​

Será que não está na hora de mudar a da sua empresa?​

Muito mais do que querer que você se torne nosso cliente, queremos estabelecer uma parceria de crescimento mútuo!

VAMOS CONVERSAR?

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.